sexta-feira, 21 de fevereiro de 2020

O Bosta

Na pequena e pacata cidade do interior, Arraial da Saracura, mora o maior bosta da história da humanidade!
Ele teima em participar da vida e da sociedade do lugar sempre com desfaçatez, dissimulação e muita cara de pau.
Um calhorda que pra satisfazer seus maléficos intentos é capaz de fingir de morto só pra sacanear o coveiro.
Sua vida política foi um desastre até o momento. Foi considerado o pior dentre os piores dirigentes municipais que já pisaram por essas paragens.
Sua "gestação" durante 4 anos considerada a mais desastrosa da pacata urbe foi lenta, cansativa, retrógrada e de muito retrocesso para a comunidade.
Como profissional liberal é outra "inhaca" sem glóbulos vermelhos, pois além da incompetência tem causado sérios problemas financeiros e danos morais  aos seus clientes e ao erário. Peca por inépcia já na inicial, ou seja: é um grande bosta! 

nota do autor: isso é uma obra de ficção, qualquer coincidência é mera semelhança.

quinta-feira, 6 de fevereiro de 2020

As Concessionárias



Acabei de completar 65 anos e 39 de engenharia. Depois de muita luta consegui minha aposentadoria tendo sido obrigado a abdicar do direito a periculosidade, o que me daria pelo menos 25% na contagem de tempo, e era concedida a todos os engenheiros que por algum momento trabalharam na execução de obras.
Na minha vida profissional trabalhei em obras residenciais e também em muitas obras públicas tais como: muros de arrimo, pontes, escolas, estabelecimentos de saúde e saneamento básico (estações de tratamento, abastecimento de agua, drenagem e esgotamento sanitário.
Estive secretário de obras e urbanismo de Juiz de Fora em duas ocasiões e me orgulho muito de ter participado das obras da 3ª faixa da subida do Bairro Bandeirantes (saída para Grama, Ubá), Duplicação da Avenida Deusdedith Salgado (Cascatinha/Salvaterra), Acesso ao Bairro de Lourdes e Canalização do Córrego da Facit (Barbosa Laje), dentre outras.
Cheguei no auge da profissão e da vida, portanto estou mais do que a vontade pra reclamar com razão da incompetência que existe na prestação de serviços praticados por estatais e outras concessionarias espalhadas pelo Brasil afora.
Citando nominalmente cada uma delas temos: COPASA, CEMIG, DNIT, CONCER, ANATEL (Oi, Vivo, Tim, Claro, etc.), ANAC (Aeroportos), CORREIOS, além mais umas outras 100.
O que acontece no Brasil é inadmissível em outros países menos afortunados porém civilizados. Os serviços concedidos devem obedecer regras básicas de direitos e deveres dos usuários e principalmente dos concessionários.
Esse é o ponto: existe algum usuário satisfeito ou pelo menos indiferente quanto a qualidade dos produtos ofertados e regiamente compensados nas tarifas que NUNCA atrasam um dia na cobrança e multas automáticas e pesadas pra quem atrasa o pagamento???
Eu não conheço nenhum! De dia falta água e toda hora falta luz. Atualmente a INTERNET é parte da rotina da grande maioria das pessoas. Quem não tá plugado, tá alienado, não consegue resolver os inúmeros problemas de viver na cidade.
A COPASA sempre imprime a conta de água com uma via em branco de coleta de esgotos, porque? É porque está se armando pra ser a concessionária do esgoto também.
Mas como se a grande maioria dos esgotos são lançados “in natura” nos cursos d’água transformados em “cloacas” (by Chicre Farhat), não existem redes coletoras e nem interceptores e muito menos estações de tratamento?
E o fornecimento de água duvidosa que teima em acabar dia sim e outro também, geralmente em dias de maior consumo?
A CEMIG interrompe o fornecimento diariamente e muitas vezes demora horas pra normalizar, as vezes no vai e vem aparelhos como geladeiras, televisores e computadores vão pro espaço num piscar de olhos enquanto seu carnezinho das Casas Bahia não chegou nem na metade...
Já sugeri pra algumas “otoridades” que o poste ocupa uma pequena área equivalente a πr² na sua calçada, porém são “n” postes, então o somatório é uma área considerável, passível de IPTU que não é cobrado da concessão. E a fiação que ocupa o nosso visual ao olhar pra cima ou mesmo prestes a cair sobre as nossas cabeças quentes de tanto xingar esses incompetentes?
A concessão das estradas é outra que mesmo com o pedágio, com pagamento a vista, dinheiro incalculável entrando sem parar nos cofres de uma CONCER, por exemplo, fazem da BR040 um verdadeiro pandemônio pros usuários: buracos, sinalização desgastada, falta drenagem e sobra radar. E o túnel da Serra de Petrópolis? O que foi consumido ou melhor o que foi sumido ali e tudo abandonado é de matar qualquer um de raiva, até os petistas reclamam.
Aí você lembra da BR267, do DNIT, do IPVA, do seu lindo e reluzente automóvel... A mãe dos incompetentes estão encabeçando a lista das pessoas mais xingadas do verão.
O aeroporto Presidente Itamar Franco (Goianá) demorou o triplo do tempo necessário pra ser concluído, quer dizer inaugurado inacabado. Falta tudo: estradas de acesso, sinal de internet ou telefonia, estacionamento caríssimo e sem nenhum tipo de proteção, longe da principal cidade (Juiz de Fora), etc. Mas a taxa de embarque continua de vento em popa, em céu de brigadeiro.
Pra parar de reclamar eu ainda tenho os CORREIOS e a única coisa boa é que se o cornavirus vier pelo correio a epidemia já teria acabado.
Oh Glória.

segunda-feira, 27 de janeiro de 2020

Desaforo

Quem é obrigado a trafegar pela BR267 no trecho entre Bicas e Juiz de Fora só tem uma coisa a dizer: É UM DESAFORO!!!
Esse escritório do DNIT em leopoldina existe há mais de 20 anos, é comandado pelas mesmas pessoas pelo mesmo tanto, não resolve os problemas cruciais da estrada no mesmo periodo e continuam a praticar suas incompetencias pois são funcionários públicos e tem a garantia da estabilidade no emprego. Os outros é que se phodam!!!
O estado é de emergencia e por ser pode-se contratar sem a famosa e viciada licitação onde a máfia das empreiteiras se arrajam pra obter o melhor preço e todos saem felizes até a proxima arrumação, digo, esculhambacção ou melhor : emporcalhação com o dinheiro dos bobão!
P%$uT@ quip@r%&u sô!
Será que as "otoridade" num tão "veno"? 
Alô seu dê putados e outros senadores e prefeitos da região?
 Façam ao menos uma reunião, um encontro. Chamem esses filhos de deputados, digo esses filhos de políticos e outros munhas (by Patesco), façam alguma coisa.
Agora vem carnaval, só falta esse restim de ano e a pustema do DNIT ainda tá de férias, cacete!!!
Ô Zema, Ô Bolsonaro, Ô politiiiiiiiiiiiiiqueiros da região se mexam, tirem o budão da cadeira...
E o IPVA já tá te comendo, te mordendo e a qualquer momento vai ser o mecanico que vai te devorar: suspensão, cano de descarga, pneus, lataria, calotas e o c)@rL&%$HO A QUATRO.
 

terça-feira, 31 de dezembro de 2019

A incompetencia vital

A rodovia Vital Brasil mais conhecida por BR 267 e que liga a BR116 (Rio Bahia) a Caxambu, passando por Bicas e Juiz de Fora (capital da Zona da Mata), está entregue aos deputados, digo as baratas tontas.
O descaso dos órgãos incompetentes e aparelhados de apadrinhados políticos é colossal, é abissal assim como as crateras dispostas no leito dessa estrada cinquentona (tem 54 anos de existência).
No período mais crítico e mais intenso do tráfego, com variações climáticas que todo mundo tá careca de saber que acontece nessa época do ano, o DNIT (Detonador Natural Incompetente Total), não ter um contrato de manutenção, mesmo que capenga como todos os contratos anteriores, pra manter esse importante e único meio de transporte da maioria dos moradores da Zona da Mata.
Os deputados que são votados nessa região, estaduais e federais, não valem absolutamente nada. Não conseguem trazer nada de novo pra nós e todos os grandes investimentos em Minas são direcionados pra outras regiões, basta ver o hospital regional em JF com obras paralisadas a uma década e o que foi erguido até agora está virando uma grande ruína em frente ao Shopping Jardim Norte. É um absurdo!!!
Não consigo mais acreditar nessa gente que fica fazendo politiquinha de verbas carimbadas com prefeitos adeptos desse joguinho, de marcar território pras próximas eleições.
Funcionários públicos federais e estaduais são de uma incompetência pantagruélica e cruel com o dinheiro dos contribuintes. 
A industria das multas, a máfia do DPVAT (Desvios, Propinas e Vantagens Afanadas do Trabalhador), onde uma das seguradoras tem até mulher de togado do STF no comando, o absurdo do IPVA (Indústria Politiqueira dos Vivaldinos das Arapucas), nunca deixam nem migalhas pra manutenção da nossa estrada.
Quando foi construída aqui se passavam pelo menos uns cem veículos por mês. Passados 54 aninhos transitam no mesmo traçado cem mil veículos mês!!! Caminhões com mais de 30 metros de comprimento (medida de um lote), vans, ônibus escolares, cargas perigosas, poluentes e inflamáveis. Filas quilométricas nas subidas...
As pontes continuam as mesmas, inclusive uma delas no Bairro Retiro, sobre o Rio Paraibuna, com passagem para apenas um veiculo de cada vez foi a única que recebeu melhorias: RADARES NAS DUAS DIREÇÕES! pÔRRA!!!!!
A sinalização vertical foi refeita recentemente e ficou uma bosta. Placas erradas como Rio do pomba (com letra minúscula e o do pomba...), São João do Nepomuceno (do que?). Nas proximidades do Seminário da Floresta em JF colocaram uma imensa placa que ninguém consegue ver nem ler. Está escondida depois da curva atrás de um poste. Será que nenhum incompetente não viu isso gente? Isso é descaso dinheiro jogado no ralo.
Abreviaturas absurdas com nomes de bairros, indicações confusas e buracos pra todo lado. Prejuízos que deveriam ser pagos pelos nobres e come quietos deputados!!
Cadê o trevo de Bicas entre a MG 126 - Rodovia Alcides Costa e a BR 267 - Rodovia Vital Brasil.
A proposta é a seguinte: Fora deputados! Fora funcionários corruptos e incompetentes! Ninguém pague o IPVA!!!

terça-feira, 17 de dezembro de 2019

A Teoria da Bosta Seca


Alguém disse que a teoria na prática é divergente, nunca é exatamente como o planejado na prancheta, no laboratório ou no computador.

Uma das teorias mais difíceis e complicadas de comprovar na prática é a Teoria do Big Bang que descreve a origem do universo. Simplificando: no princípio existia o silêncio. De repente uma colisão entre duas partículas, um estrondo maior do que essas bostas de som automotivo nos ouvidos alheios e deu-se o início de tudo...

O problema é que a partir daí o barulho se expandiu e sons de todo o tipo e natureza foram criados e reproduzidos, transformando a paz celestial em ruídos estereofônicos oriundos de todos os cantos.

Pra tentar provar o fenômeno da colisão de partículas foi construído um túnel de 27km de extensão, na forma de anel. Localizado entre os países França e Suíça.

Esse túnel com a ajuda de eletroímãs, é capaz de acelerar partículas em velocidades próximas à da luz. De acordo com a fórmula de Albert Einstein E = m c 2 {\displaystyle E=mc^{2}} a colisão transforma-se em partículas de massa. Foi quando descobriram a partícula Bóson de Higgs. Só que isso é história pra outra resenha...

A prática na verdade mostra que quem tá certo sempre é o cara que inventou a teoria de que tudo pode dar errado mesmo com 99,99% de chance de certo. A lei ou teoria de Murphy diz que: se algo pode dar errado, dará. Esse Murphy era o engenheiro aeroespacial Edward Aloysius Murphy e formulou sua lei em 1949, ou seja: já deu tempo de todo mundo aprender que na pratica a teoria pode ser cruel.

Um exemplo clássico desse princípio e nesse caso sobra sempre pra mim falar, sendo que muita gente fica indignado com o meu “despudoramento”, sobre o fato de uma pequena flatulência se transformar num inesperado piriri. É desagradável, porém ocorre todo dia em algum lugar do planeta. Aproveito aqui pra falar que o aquecimento global não é só botar fogo na Amazônia tem o efeito borra cueca que existe e vem sendo desprezado em todas as conferências mundiais sobre o efeito estufa. 
Dizem que esse termo “efeito estufa’ foi dado por um conferencista que se esbaldou durante o coquetel de abertura com quitutes e guloseimas de primeiro mundo calórico, embebidos em champanhes e drinks coloridos. Essa mistura dentro do aparelho digestivo do indivíduo que já não tinha feito feio durante o desjejum no hotel 5 estrelas, custeado logicamente por nós que sempre pagamos o pato, foi como um choque de partículas e ao soltar um pequeno e ingênuo “pum”, foi tiro e queda: a massa foi derramada em suas roupas intimas e imediatamente transpassada para o traje de gala próprio para aquela ocasião, que ficou estufado...

Hoje em dia o que se sabe é que o coco de elefante dependendo de como e por quem foi recolhido vale mais do que o marfim!

Essa teoria foi criada por um ex presidiário, que em breve deverá retornar pro seu devido lugar e de agora em diante com a cabeça raspada e macacão laranja, pai de um catador de fezes elefantíases.

Esse “Ronaldinho” dos negócios com bostas e outras merdas, transformou da noite pro dia os dejetos zoológicos em uma grande fortuna. O cara é phoda!!!

Agora, passados alguns anos, essa história finalmente chegou nos penicos (urinol) do STF Sistemas e Teorias Flatulentas), digo nos ouvidos do STF e a teoria da bosta seca pode ser comprovada a nível judicial, mesmo não constando na Carta Magna da Nação do Fundo Partidário.

Muita gente fala que se jogar merda no ventilador as partículas formadas após a colisão saem voando em todas as direções e acabam bosteando todo o ambiente.

a bosta seca, quietinha no seu canto e as vezes até sem mosquito, esquecida, dormente, se for mexida, se for tocada, como num passe de mágica volta a exalar todo seu esplendor ou melhor todo seu odor que geralmente fede pra caramba!!!

sábado, 30 de novembro de 2019

América do Sul.... realismo


Salvador Dalí, pintor espanhol e maior expressão da pintura e comportamento surrealista do planeta, um gênio na minha opinião, ficaria em dúvida se ao criar seus incríveis quadros, tais quais “os relógios moles”, se conhecesse ou visitasse por algumas horas essa aberração chamada América do Sul!

Tive a oportunidade de conhecer parte da obra desse mestre da pintura mundial no belíssimo Museu d’Orsay, as margens do Sena em Paris em 1988 e tempos depois em outro lindo templo da arte o Museu Reina Sofia, em Madri.

O Reina Sofia além de várias obras de Dalí possui ainda um dos painéis mais incríveis e realistas de outro gênio espanhol: Pablo Picasso.

O painel se chama Guernica, ocupa uma parede imensa e retrata a guerra civil na Espanha, que dizimou milhares de pessoas, animais e destruiu propriedades.

Como lembrei de outro mestre e o que eu escrevo ou deixo de escrever não pode ser levado a sério, nem em consideração, gostaria apenas de alertá-lo, nobre leitor, pra nunca confundir a obra de arte do mestre Picasso com a pica de aço do mestre de obras... Como diria o Chico Bário (Bala para os íntimos): Cê tava indo tão bem...

Pois bem, o que ocorre na América do Sul, desde os primórdios, não é normal. Continente situado no hemisfério sul, praticamente 90%, banhado pelo Oceano Atlântico, pelo Pacifico, com alguns países privilegiados banhados pelo mar do Caribe, Floresta Amazônica, Cordilheira dos Andes, Patagônia, Pantanal, Cataratas do Iguaçu, Monte Aconcágua, Rio Amazonas, etc.

Belezas naturais são o que não faltam e também história, como a civilização Inca que ainda preserva ruínas em Machu Picchu, no Peru. Cidades belas como Rio de Janeiro, Buenos Aires e Santiago. Vinhos de Mendoza, café do Brasil!

Tudo bem, mas o que tem de tão surreal assim que nem Salvador Dali consegui perceber? Pergunta você virando bruscamente de frente pra mim, com expressão de incredulidade?

Os políticos! Respondo eu, te posicionando bem melhor.

Mas como? Porque? Como podemos produzir tantos facínoras, escroques e calhordas do lado de baixo do Equador?

Simples basta ver o que extremistas tem feito com os países recentemente, como é o caso da Venezuela que até há uns 30 anos passados era considerado uma das economias mais crescentes do planeta. Quinto maior produtor de petróleo do mundo, localização privilegiada. Deixou-se levar pelo ilusionismo da esquerda aloprada (Chaves e Maduro), pelo bolivarianismo que nada mais é do que a política dos irmãos Castros (o povo é que se fode).

Agora como se fosse uma fileira de dominós caindo vemos, Peru (ainda bem que o presidente fechou o STF e o congresso), o Equador, a Bolívia que botou o bonachão do Evo Morales pra correr, O Chile enfrentando greves e arruaças comandadas pela esquerda e até a Argentina cagando na retranca e voltando com a Cristina, que só não roubou igual ou mais que o Lulla e seus 40 ladrões porque o peso de lá pesa menos que o de cá.

Isso sim é surrealismo de primeiro mundo. Podemos nos gabar pelo mundo afora de possuirmos um Supremo formado por figuras tão ilibadas e tão comprometidas quanto as nossas. Indicados por ex presidentes enterrados até o pescoço em esquemas de corrupção de alto teor destrutivo dos tesouros da nação. Ex presidentes que usurparam até obras de arte e patrimônios da nação. Ex presidentes acusados de todo tipo de ação criminosa contra seu próprio povo e país!!!!!!!

O sistema legislativo de todos os países sul americanos estão com as mesmas características: legislam em causa própria, não estão nem aí para seus compatriotas, aposentam na hora que querem, ganham salários absurdos pra fazer merda e são surreais.

O Brasil, o país mais surreal das Américas e quiçá do universo, não prende bandido na primeira instância, não detém malfeitores condenados em segunda instância, facínoras recorrem em liberdade na terceira instância, corruptos continuam roubando na quarta instância enquanto nós pecadores vamos direto pro quinto dos infernos... num instante!

O que nos resta são as riquezas naturais, porém se esvaindo e derretendo assim como os Relógios Moles de Dalí ou seria La Casa de Papel?

O Bosta

Na pequena e pacata cidade do interior, Arraial da Saracura, mora o maior bosta da história da humanidade! Ele teima em participar da vid...